Analytcs

domingo, 3 de julho de 2011

Estudar para concursos: sozinho, em grupo ou em cursinhos?

Estudar é definitivamente a única forma de ser aprovado em concursos atualmente. Isto é consenso. A maior dúvida muitas vezes é como estudar. Muitos se enclausuram e decidem que vão descobrir o caminho das pedras sozinhos, outros resolvem se dedicar a grupos pela internet ou presenciais que dividem o material e as tarefas. E também tem aqueles que so conseguem estudar guiados pelos cursinhos.



//


Estudando sozinho



Aqui vamos abordar cada uma destas formas de estudo e os pontos positivos e negativos delas. Estudar individualmente é sem dúvida muito importante, pois você pode determinar seu ritmo de estudos, as matérias que tem mais dificuldade e quais ciclos adotará para organizar e sistematizar seus estudos, já falei sobre isto nos artigos:

Dica de como iniciar seus para concursos públicos – Parte III (depois do edital)

Dica de como começar a se preparar para concursos públicos. Parte III (Estratégia)

Dica de como começar a se preparar para concursos públicos. Parte II (antes do edital)

mas estudar sozinho tem alguns problemas, como por exemplo: perde-se muito tempo para reunir material, nunca recebemos dicas preciosas sobre as bancas e principalmente nos desmotivamos rapidamente.

Estudando em grupo



 

Os grupos teem uma grande vantagem em relação a estudar sozinho, troca-se materiais entre os participantes, assim rapidamente você reune um material muito bom (provas, resumos, notícias sobre mudanças na legislação, etc), se motiva e compromete, pois todos estão focados em um objetivo comum. Há diversos grupos reunidos atraves de e-mails no yahoo ou goople. Porém tem que se escolher a dedo os integrantes do grupo e os coordenadores, pois varios desistem ao longo da jornada que estudar para concursos. Já vi grupos começarem com 40 integrantes e depois de alguns meses estarem com apenas 10 depedendo da forma de organização do grupo isso pode desestrutura-lo completamente, não atingindo seus objetivos.

Em cursinhos



Os profissionalizam o estudo, comprometem na marra o concurseiro e disponilizam um material bem próximo do que precisará para sua preparação. No entanto temos que ser imparciais e como professor e concurseiro sei bem os problemas que temos. O considero principal é sensibilizar os alunos que não basta assistir as aulas, mas tem que serem complementadas com um estudo individual, de preferência antes das aulas.

//



 



Conclusão


O ideal é consiliar duas das opções acima: Cursinho e sozinho ou grupo e sozinho. Se estiver realmente engajado pode tentar os três. Mas é importante saber organizar seu quadro de estudos pois um pode acabar atrapalhando o outro. Assim você pode por exemplo utilizar o cursinho como referência para reunir o material, as dicas e relembrar as matérias necessárias ao edital que está focado, depois poderá continuar seus estudos individualmente. Mas dependerá de cada um.


Fica a dica, aguardo seu comentário, critica ou depoimento abaixo.


Professor Darlan

0 comentários :

Postar um comentário