Analytcs

segunda-feira, 5 de setembro de 2011

Como melhorar seu desempenho em provas: radiografia do CESPE

Sun Tzu, no seu livro "A Arte da Guerra" diz que "Conhece teu inimigo e conhece-te a ti mesmo: se tiveres cem combates a travar, cem vezes serás vitorioso." Quem acompanha meus artigos a mais tempo, sabe que sempre faço um paralelo entre os ensinamentos deste lendário filósofo da guerra e a "guerra" que é os concursos públicos. O CESPE é certamente o maior centro de seleção do Brasil e responsável por boa parte dos melhores concursos federais atualmente. Portanto é imprescindível conhecer bem esta banca. Hoje faremos uma análise do CESPE do ponto de vista do próprio CESPE.



As provas objetivas são,  normalmente, a primeira etapa de 99,9% dos concursos públicos. Em 2010 o CESPE públicou a edição nº 19 (julho, agosto e setembro de 2010) do Jornal do CESPEUNB, no qual havia o artigo intitulado "Os tipos de provas objetivas" e trazia em seu subtitulo praticamente um princípio que é aplicado pela banca constantemente em suas provas "Mais do que conhecimento acumulado, as provas do Cespe/UnB buscam aferir habilidades e competências dos que tentam uma vaga no serviço público", pode parecer um mero slogan sem aplicabilidade mas ao longo deste artigo vamos demostrar que não é bem assim.


Atualmente o CESPEUNB abandonou o modelo "decoreba" em que se era cobrado do candidato meramente a memorização do conhecimento. Assim não se desespere ao abrir a prova e não encontrar o texto seco da lei ou aquela regra básica que o autor da apostila resumiu em um tabela. Mas se não vai aparecer o texto da lei ou a regra da doutrina, como serão cobradas as questões? A resposta vem no mesmo artigo citado:


"o Centro passou a privilegiar
o uso da contextualização e
da interdisciplinaridade na elaboração
dos itens das provas e, na última
década, se aprofundou ainda
mais nessa metodologia."

Vemos isso em praticamente todos os editais, como o recentemente publicado para o concurso público do TCU /2011:


16 DOS OBJETOS DE AVALIAÇÃO (HABILIDADES E CONHECIMENTOS)
16.1 HABILIDADES
16.1.1 Os itens da prova objetiva poderão avaliar habilidades
que vão além do mero conhecimento memorizado, abrangendo compreensão,
aplicação, análise, síntese e avaliação e valorizando a capacidade de
raciocínio.
16.1.2 Cada item da prova objetiva poderá contemplar mais de um objeto
de avaliação.

Resta compreendermos o que é contextualização e o que é interdisciplinaridade para
a banca da UNB. Coordenador Acadêmico do Centro, Paulo Portela, não se pode desprezar
completamente o conhecimento memorizado, pois esta característica é importante em qualquer bom profissional e complementa:


“Nas provas contextualizadas,
tentamos colocar
para o candidato situações-problemas
inerentes à área em que ele
vai atuar no órgão, obrigando-o a
raciocinar e a mostrar como agiria
se já estivesse atuando no cargo”,

Aqui temos uma boa noção do que devemos esperar. Ao invés de questões como:


São princípios da administração pública: Legalidade, Impessoalidade, Moralidade, Publicidade e Eficiência.


Resposta: Certa


(CESPE/PROCURADOR FEDERAL/2002) A concepção hoje predominante dos principios do direito tributário é a de que eles visam precipuamente proteger o cidadão; nessa perspectiva, o princípio da legalidade significa que todos os elementos essenciais à cobrança do tributo devem estar definidos na lei tributária, e um desses elementos é o prazo para o pagamento do crédito tributário, de modo que, sem a definição desse aspecto na lei criadora do tributo, este não poderá ser validamente cobrado.


Gabarito: Errada.


Viu a diferença gritante entre as formas de cobrança do mesmo tema?


Já a interdisciplinariedade mais aplicada nos vestibulares do UNB, também é característica das provas do CESPE e consiste basicamente em "Associação de várias áreas de conhecimento na formulação dos itens..."


A mesclagem destas duas características produz questões certamente com um grau de dificuldade bem alto. Adicione ainda regras que penalizam o chute, como aquele onde uma errada anula uma resposta certa. O resultado é um certame onde certamente passarão os mais bem preparados, por isso é importante conhecer e se habituar com essa metodologia.


 No próximo artigo vamos falar sobre os tipos de prova do CESPEUNB.


Já fez alguma prova do CESPE? Deixe aqui seu comentário.


Professor Darlan

15 comentários :

Postar um comentário