Analytcs

segunda-feira, 31 de outubro de 2011

O mundo tem mais 7 bilhões de habitantes e o que importa para a Previdência?

O mundo conta a partir desta segunda-feira com mais de sete bilhões de seres humanos. Os reflexos do aumento da densidade demográfica no planeta traz uma série de problemas a serem resolvidos por nossos governantes. O nó nos sistemas de previdência estão dentre eles. A atual conjuntura da Previdência Social brasileira sofrerá diretamente com estas mudanças.



Danica nasceu em Manila na Filipina e foi escolhida como o habitante  número 7.000.000.000, mais de uma década depois da população do planeta alcançar seis bilhões, em 1999, quando a ONU escolheu Adnan Nevic, um menino nascido em Sarajevo, como representante simbólico da marca. O nascimento destas crianças ilustra simbolicamente os desafios planetários do crescimento demográfico, dentre eles e talvez um dos maiores, a Previdência Social. Uma das razões para o crescimento demográfico é o aumento na expectativa de vida, que reflete diretamente nos caixas dos sistemas de previdência.


Você deve estar pensando, o que eu tenho com isso? Para responder esta pergunta devemos relembrar como funciona nosso sistema de Seguridade Social e consequentimente de previdência: A Previdência é um Contrato Social (Ponto de Vista Coletivo) onde  múltiplas gerações, envolvidas em transferências de renda dentro e entre gerações através de um financiamento e de um sistema complexos de politicas públicas. Este contrato social é mutável conforme Preferências da  sociedade, mas precisa de uma base sólida de financiamento para que possa garantir a desejada estabilidade social.


Com a inversão da piramide etária e o consequente envelhecimento da população os sistemas solitários, como o brasileiro tendem a se tornar insustentáveis e deficitários, necessitando cada vez mais da intervenção estatal. Como podemos ver nos artigos:


.Governo quer ampliar acesso à Previdência, diz ministro


 .Deficit sobe ou desce? Realmente existe deficit da Previdência


.Fator previdenciário com os dias contados?


 Isto posto caros leitores, esse crescimento espantoso da população, não é tema para o futuro, mas sim para o presente. com necessidade de providências imediatas e grande reflexão de nossa parte.


Professor Darlan

2 comentários :

Postar um comentário