Analytcs

terça-feira, 22 de setembro de 2020

Perícia médica, como está?

   


    Quem vem acompanhando esta "novela" aqui pelo blog sabe que a situação das perícias médicas está complicada no INSS. Até agora menos da metade dos peritos e médicos retornaram ao trabalho. 

    O INSS entende que 111 agências, já estão aptas a receber o serviço de perícia médica, mas a ANMP entende que apenas 87 destas atende aos requisitos mínimos.

Veja a lista da APS que a ANMP considera aptas 

    Para minimizar o problema o INSS publicou a PORTARIA CONJUNTA Nº 16 /DIRAT/DIRBEN/INSS, DE 18 DE SETEMBRO DE 2020, onde se retirou o limite para os reagendamentos nos casos  de  não  comparecimento  do  usuário  na  data agendada  ou  em  que  não  foi  possível  a  realização  do  atendimento  pelas  APS  na  data  previamente agendada. Todos os reagendamentos deverão ser feitos pelo 135 e aqueles relativos a benefícios assistenciais que não puderem ser remarcados pelas centrais, deverão ser marcados pelo servidor responsável pela análise do benefício. 

Fontes: ACS INSS, ANMP e Jornal Hoje

0 comentários :

Postar um comentário